0
Buscar
  • Mário Sanchez

HÁ ALGUMA RAZÃO CIENTÍFICA PARA NÃO INGERIR CÉLULAS GERMINAIS?




A pergunta é sobre uma proposta específica além de evitar consumo de sementes.

No Curso de Alimentação Natural já analisamos a existência nas sementes de compostos naturalmente venenosos para os seres vivos. E no estudo sobre os amiláceos das farinhas de trigo, milho, arroz, etc.¸ também chegamos à conclusão de que criam os ateromas e facilitam o avanço de microrganismos em direção ao cérebro.

As doenças Parkinson e Alzheimer já são reconhecidas como células degeneradas nos neurônios por endurecimento acumulando proteínas de origem do amido; e também há estudos de que as degenerações dessas doenças no cérebro se passam de um neurônio ao seguinte, como fazem os vírus.


Clique aqui - Estudo sugere que proteína que causa Alzheimer se espalha como uma infecção


Clique aqui - Does a virus cause Alzheimer´s?


Outro fator degenerativo á a acrilamida que resulta dos amidos quando aquecidos a mais de 120 graus célsius. Ela ajuda a dissolver as lipoproteínas das bainhas dos nervos.

Mas, o que podemos falar do regime específico que o Grupo nos trouxe de excluir dos alimentos células capazes de germinar? As provas foram muito fortes, mostrando que os cabelos envelhecidos que enfraqueceram e perderam a sua pigmentação, voltavam a sua cor natural.

Sementes aparentemente que não digerimos como do tomate, pimentão, pepino... e outras partes de caules que poderiam brotar, como do repolho, da cenoura, e verduras... eram também condenadas na alimentação “agênica”.

De outro estudioso do Grupo nos chegou recentemente a informação de que os germes vivos de sementes e brotações de caules, emitem as radículas contendo moléculas que estimulam para produzir enzimas que aceleram a digestão dos materiais orgânicos para acelerar o crescimento pela absorção dos compostos assim assimiláveis pela nova planta.

Esse era também o mecanismo descrito por outro missivista dando conta de que os microrganismos nos destroem emitindo moléculas enzimáticas.

Desse modo juntamos finalmente os dados para a resposta pedida:

Estamos cheios de microrganismos em nossa digestão! Eles emitem enzimas que ajudam a digerir nossos alimentos.

Eles são mais inteligentes do que nossas defesas.

Se lhes enviamos células já possuidoras de fórmula para produzir enzimas digestivas... como essas enzimas já chegam com a matriz pronta, as patogênicas que nos envelhecem também usam essa matriz para atacar nosso corpo!

Leiam como isso se conjuga com nossas fundamentações no Curso Avançado de Alimentação Natural e nas dietas previstas na nossa série sobre Saúde.


#célulasgerminais #sementes #alimentaçãonatural #saúde #saude #amiláceos #amido #Parkinson #Alzheimer #degenerações #cérebro #vírus #sementes #enzimas #microrganismos #digestão #envelhecimento #longevidade

0 visualização

Para mais informações:

 

  • Facebook
  • Instagram

Se cadastre para ver as matérias do nosso blog e os lançamentos dos livros!

 

Saiba mais informações sobre a política da nossa loja online:

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon